NOTÍCIAS

Intenção de investimento entre micros e pequenos empresários cresce 16%.

29 JAN 2019

De acordo com estudo, 41% desses empresários pretendem fazer aportes neste ano contra 35% no ano passado

Os micros e pequenos empresários do varejo têm se revelado mais abertos a realizar investimentos em 2019. De acordo com estudo divulgado nesta segunda-feira (28) pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), 41% desses empresários pretendem investir este ano. Em 2018, a fatia de interessados em realizar aportes era de 35%.

É a fatia de micros e pequenos empresários que não planeja qualquer movimentação em 2019, de acordo com o estudo da CNDL e do SPC Brasil.
Ainda de acordo com o estudo, 21% ainda estão em dúvida sobre o que farão. O indicador que mede a propensão de investimento das MPEs (micro e pequenas empresas) passou de 41,4 pontos em janeiro de 2018 para 47,9 em janeiro de 2019, uma alta de 16% na comparação anual.

Pela metodologia, quanto mais próximo de 100, maior a propensão para o investimento. Quanto mais próximo de zero, menor a propensão.

Entre os empresários que devem investir, seis em cada dez (60%) miram o aumento das vendas, enquanto 27% visam atender ao aumento da demanda e 25% querem adaptar sua empresa às novas tecnologias. A principal finalidade para esses recursos será a compra de equipamentos (31%). Em seguida, 26% buscam reformar a empresa e 22% ampliar seus estoques.

Na avaliação do presidente da CNDL, José César da Costa, a volta do apetite por novos investimentos reflete a melhora da confiança. "A expectativa com relação ao futuro da economia e dos negócios é de que a atividade econômica cresça com mais força este ano, impulsionando o consumo e, por consequência, o faturamento das empresas", ressalta.

Fonte: Diário o Nordeste.

 

VEJA TAMBÉM