NOTÍCIAS

Gestão de contratos e o sucesso do seu negócio.

11 SET 2018

Essenciais para o engajamento comercial com fornecedores, os contratos se multiplicam da mesma maneira que as necessidades das empresas. Quando duas organizações desejam fazer negócios, contratos especificam as atividades executadas por ambas e os termos de responsabilidade de cada uma das partes em um acordo. Com o tempo, tais documentos se tornam mais complexos, mais interdependentes e mais difíceis de gerir e isso afeta diretamente a rentabilidade do negócio. Se redigidos de maneira insatisfatória, por exemplo, uma organização pode perder muito dinheiro por um simples detalhe técnico que passou desapercebido.

Dados de uma pesquisa do grupo Aberdeen reforçam a importância dos contratos, já que 44% das empresas gostariam de ter mais visibilidade de seus acordos e 40% almejam reduzir os riscos relacionados aos fornecedores. O estudo aponta, ainda, que 37% das organizações querem ter mais compliance em relação aos contratos de fornecedores e 34% desejam ter acesso à performance do fornecedor em seus acordos.

Outro estudo da mesma empresa revela que 60% dos litígios corporativos estão relacionados a disputas contratuais. E desse grupo, 73% apontaram as mudanças de preço como motivo dos processos. Parte dessas mudanças de preços provavelmente é o reflexo do mal gerenciamento já que, segundo o estudo, de 12 a 15% dos contratos de uma organização são perdidos ou não são contabilizados. Todos estes dados deixam clara a relevância dos contratos para os negócios das empresas. Para não se sentir vulnerável frente aos fornecedores e seus riscos, implementar melhorias no ciclo de vida dos contratos de compra é a melhor alternativa para organizar e gerir essa documentação. Quem lida diariamente com contratos sabe que é comum encontrar imprecisões naqueles feitos manualmente. O problema é que isso só costuma ser notado depois de um evento negativo, como uma auditoria frustrada ou um gasto inesperado. E, apesar de enfrentarem cada vez mais pressão para reduzir custos e melhorar seu desempenho, muitas empresas ainda não enxergam a gestão de contratos como um componente importante dessa estratégia de redução de custos e aumento de performance. A gestão de contratos é feita para evitar transtornos, acompanhar e organizar os acordos de uma empresa. Conhecida por Contract Lifecycle Management, ou simplesmente por CLM, o gerenciamento engloba todo o ciclo de vida do contrato, acompanhando os vínculos acordados com fornecedores, parceiros, clientes ou funcionários. Além disso, os contratos não servem apenas para estabelecer um relacionamento com terceiros e funcionários.

Acordos contratuais são uma parte importante da estrutura de sustentação de uma organização incluindo regras, diretrizes e obrigações para que todos estejam cientes do que esperar. Como a tecnologia ajuda na gestão de contratos?

Uma ferramenta de gestão de contratos é o primeiro passo para ter mais controle e governança. Soluções de CLM auxiliam desde o cumprimento de prazos de renovação, expiração, quantidades a serem negociadas, além de oferecer uma visão 360 graus de todos os contratos, o que ajuda a organização a identificar o potencial de um acordo, enquanto reduz riscos contratuais durante o seu ciclo de vida. Com termos, condições e cláusulas reunidos na mesma plataforma, é possível acelerar os processos empresariais, diminuir os ciclos de vendas, reduzir custos, gerar análises ricas para a gestão de riscos e ganhar performance. Em outras palavras, a gestão de contratos é a chave para as empresas darem o primeiro passo em direção a um comércio B2B simples, inteligente e sustentável.
Marcelo Pereira : Diretor da área de Gestão de Fornecedores do Mercado Eletrônico.
Fonte: Jornal do Comércio.

VEJA TAMBÉM