NOTÍCIAS

Inadimplência de micro e pequenas empresas sobe 10% em 2017 O número de micro e pequenas empresas inadimplentes fechou 2017 com crescimento de 10,8% e

09 FEV 2018

É o oitavo mês seguido de alta do indicador.

O resultado foi influenciado pelo setor de serviços, que reponde pela maior parcela entre os devedores (45,8%).

"Os pequenos negócios se concentram no segmento, que demorou para sair da crise. Se a retomada da área se consolidar, a inadimplência deverá se estabilizar no segundo semestre", diz Luiz Rabi, economista da entidade. O veto presidencial ao Refis das micro e pequenas empresas, em janeiro, piorou as perspectivas de redução do endividamento, segundo o Sebrae. O Congresso ainda vai apreciar a questão.

"Os pequenos sofreram muito com a crise. O parcelamento de dívidas com desconto de juros e multas é crucial", diz o presidente do órgão, Guilherme Afif Domingos.

"A situação piorou com a saída dos CNPJs devedores do Simples [em dezembro]", diz o presidente do Simpi (das micro e pequenas indústrias), Joseph Couri.

"Só ficou quem fez acordos irreais que não serão cumpridos. Isso precisa ser revisto."

Postado : Folha de São Paulo

VEJA TAMBÉM